| | | 55 31 3568-1401

Uma vida digna de ser vivida

Uma vida digna de ser vivida

Eu nunca vou esquecer como eu costumava viver feliz”, lembra a colombiana Fernanda *. “Minha família e eu tínhamos nossa própria terra … e isso era tudo que precisávamos para viver e ser felizes: nossa terra e nossa família”.

Um momento mudou tudo …

Era um dia chuvoso de maio. Risadas. Talvez uma xícara de café. Duas mulheres sentadas na varanda compartilhavam o seu dia-a-dia – tal como os amigas fazem em todo o mundo. Talvez elas falassem sobre seus filhos – Fernanda é mãe de dois – ou sobre seus netos. Um momento de felicidade … antes que tudo desse errado.

Fernanda e sua amiga se viram subitamente cercadas por um grupo de homens armados. Eles vieram em busca de vingança contra o filho de sua amiga por seu envolvimento com um grupo rival.

Diante de seus olhos, sua amiga foi assassinada.

Um dos seus filhos, contaminado.

E o próprio corpo de Fernanda violado contra sua vontade.

A felicidade se transformou em horror no breve intervalo de tempo entre o nascer e o pôr do sol.

As consequências do que vivi não me permitiram continuar com a minha vida feliz ou em paz”, diz Fernanda. “Minha vida ficou cheia de preocupações, inquietação e instabilidade. Eu pensei que nunca mais sorriria novamente.

Tão devastadores foram os efeitos emocionais de seu trauma, e tão profundas as mudanças nela, que o relacionamento de Fernanda com o marido se desfez. Ela perdeu tudo.

Aos 49 anos, Fernanda enfrentava sérias dificuldades para sustentar seu filho mais novo em uma área barulhenta e insegura em uma expansão urbana em uma parte diferente do país. Muitas vezes, lembra Fernanda, eles suportaram a fome e o abuso racial.

Tal como acontece com muitos outros sobreviventes de trauma, os sobreviventes não sentem necessariamente vontade de viver.

Tudo mudou de novo

Até que um dia Fernanda conheceu um líder na área que lhe contou sobre os parceiros da Tearfund que estavam realizando um programa através da igreja local para ajudar pessoas como ela. Um lugar para receber apoio prático, emocional e espiritual.

Deus enviou anjos para a minha vida para me apoiar, eles são os pilares da minha vida. A igreja tornou-se nossa casa, nosso refúgio ”, diz ela.

Através deste projeto Fernanda também recebeu algum dinheiro para começar seu próprio negócio – uma pequena loja independente que vende sapatos, roupas e acessórios.

Isso permitiu que ela seguisse adiante, beneficiando Fernanda, sua família e a comunidade em geral. Agora ela vive uma vida grata, cheia de esperança e com um profundo desejo de realizar o que a Bíblia diz: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Josué 24: 15b).

Estamos muito gratos porque a vida de Fernanda foi restaurada, Infelizmente, no entanto, o que aconteceu com ela não é um caso isolado. Estimativas globais publicadas pela OMS indicam que cerca de uma em cada três mulheres em todo o mundo sofreram violência física e / ou sexual. Este número é significativamente maior em áreas de conflito armado onde a violência baseada em gênero é usada como arma de guerra.

Por favor, continuem orando conosco enquanto caminhamos com mulheres como Fernanda em todo o mundo.

Deus pai,
Sabemos que Jesus veio para que pudéssemos ter vida em toda a sua plenitude. Agradecemos pela esperança de Fernanda. Por favor, traga cura e restauração onde a alegria de viver tenha sido roubada por experiências traumáticas, particularmente para aquelas mulheres que sofreram violência sexual. Que possamos, como seu corpo, compartilhar sua compaixão por elas e ter a sabedoria de saber como servi-las efetivamente. Amém. 

Tarryn Pegna

*Nome fictício

(Originalmente publicado em inglês no site da Tearfund UK no dia 14 de 2019)

Leave a Reply