| | | 55 31 3568-1401

Quase 28 milhões de crianças deixaram suas casas por conta de conflitos

Quase 28 milhões de crianças deixaram suas casas por conta de conflitos

Em todo o mundo, quase 50 milhões de crianças e adolescentes vivem fora de seu país de origem ou foram obrigados a fugir de suas casas por conta da violência. Desse total, 28 milhões tiveram de deixar suas cidades por conta de conflitos ou outras situações de violência e buscar um lugar mais seguro, seja em seu país de origem ou em terras estrangeiras

Frequentemente traumatizados por conta da violência, essas crianças e esses adolescentes têm de enfrentar outros perigos ao longo do caminho, incluindo o de afogamento nas travessias marítimas, desnutrição e desidratação. Além disso, correm o risco de ser vítimas de tráfico, sequestro, violência sexual e até assassinato. Nos países em que passam e naqueles em que fixam residência, eles, frequentemente, são vítimas de xenofobia e discriminação.

Relatório divulgado hoje pelo Unicef, Uprooted: The growing crisis for refugee and migrant children (Desenraizadas: Uma crise crescente para as crianças refugiadas e migrantes), apresenta novos dados que descrevem um panorama preocupante sobre a vida e a situação de milhões de crianças, adolescentes e famílias afetados por conflitos violentos e outras crises, que os obrigam a arriscar sua vida fugindo em vez de permanecer em suas cidades natais.

O relatório mostra que:

* As crianças e os adolescentes representam uma porcentagem desproporcional e crescente de todas as pessoas que procuraram refúgio fora dos seus locais de nascimento: apesar de representarem cerca de um terço da população mundial, eles são aproximadamente metade de todos os refugiados.

* 28 milhões de crianças e adolescentes foram expulsos de suas casas pela violência e pelo conflito dentro de seus países e através das fronteiras, incluindo 10 milhões de crianças e adolescentes refugiados; um milhão que solicitaram asilo, mas cujo status de refugiado ainda não foi determinado; e estimados 17 milhões de meninos e meninas deslocados dentro de seus próprios países.

* Em 2015, mais de 100 mil crianças e adolescentes não acompanhados pediram asilo em 78 países, o triplo de 2014.

* Em todo o mundo, cerca de 20 milhões de crianças e adolescentes migrantes deixaram suas casas por várias razões, incluindo a extrema pobreza ou a violência nas ruas.

Fonte: Unicef
Escrito por  

Leave a Reply