| | | 55 31 3568-1401

Você já conhece o Francisco?

Quando a justiça e a paz se beijam, a vida flui em abundância

*Francisco é casado com *Letícia e é  pai de quatro filhos. Eles moram na Comunidade Quilombola do Fonseca (localizada a 50km de Manaíra, no sertão no extremo sul da Paraíba). A vida tem sido difícil nesta comunidade. Francisco sempre tinha que deixar sua família por longas temporadas, de até 8 meses para trabalhar na colheita de cana-de-açúcar no sudeste do Brasil. Como o trabalho é muito pesado alguns problemas de saúde começaram a aparecer. Com dores fortes na coluna, ele já não poderia mais realizar este tipo de trabalho. No entanto, este era o único sustento de sua família.

Em casa a vida diária também era extremamente difícil. A terra ocupada por eles não é oficialmente reconhecida como deles e por essa razão eles não recebem serviços básicos como acesso à água. Os moradores da comunidade em que Francisco mora tinham de viajar 3 km todos os dias para tirar água do lago Catolé. Em 2012, através do nosso parceiro local ACEV, conhecemos o Fonseca e suas 57 famílias: dentre elas, a família de Francisco. A comunidade era marcada pelo isolamento, preconceito e falta de água e perspectiva. Desde então, transformações profundas têm ocorrido na vida da comunidade. Logo chegou o poço e com ele, água para beber, plantar e criar pequenos animais.

Graças a Deus agora todos nós temos água em nossas casas, não apenas as pessoas ricas. Estou muito grato por todo o trabalho que foi feito pela nossa comunidade.”, comemora Francisco.

Acev tem trabalhado com a comunidade para expandir aspirações para geração de renda e consciência dos direitos das pessoas. Após este treinamento Francisco e seus amigos decidiram tentar cultivar e vender legumes. Com formação técnica, ferramentas e outros materiais de Acev, este empreendimento foi bem sucedido.

Hoje, Francisco já não precisa mais ausentar-se de sua família. Gera renda e sustento plantando produtos agroecológicos e criando pequenos animais. O evangelho chegou, cuidando e acolhendo as pessoas. A comunidade pediu e uma congregação foi construída pela ACEV. Transformação completa!

**Os nomes das pessoas na história são fictícios

Ore conosco:

  • Dê graças pela Acev e peça que o trabalho pela geração de renda alcance mais membros da comunidade.
  • A comunidade ainda precisa obter o reconhecimento oficial sobre a terra – ore para que eles sejam bem sucedidos apesar da grande oposição local enfrentada por eles.

Pessoas vivendo como Francisco vivia em 2012 somam milhões no semiárido. É gente desejando uma oportunidade, um empurrãozinho! Ore, doe e compartilhe nosso trabalho!

botao-doe-agora

 

 

Leave a Reply