| | | 55 31 3568-1401

Prisões em SP têm 41 mortes por mês

Prisões em SP têm 41 mortes por mês

Entre janeiro de 2014 e junho de 2017, 1.728 detentos morreram em unidades prisionais do Estado de São Paulo. Os dados, da SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), foram obtidos pela reportagem do UOL através da Lei de Acesso à Informação. Eles apontam para uma média de 41 mortes por mês no sistema penitenciário paulista nos últimos três anos e meio.

Cerca de 90% desses óbitos (1.558) foram classificados pelas autoridades como “mortes naturais”. Ou seja, não são fruto de episódios violentos, como homicídios provocados por brigas ou suicídio. A maioria dos mortos tem entre 18 e 29 anos. Entre as causas de mortes naturais estão, principalmente, doenças como Aids, tuberculose, câncer e hepatite. (Fonte: Uol)

Clique aqui para ler a reportagem completa no UOL Notícias.

O que temos a dizer sobre isso?

Como Igreja de Jesus, somos chamados à proclamar as boas-novas em todos os confins da terra e desafiados a lutar pelo respeito à dignidade humana, intrínseca a todos os homens e mulheres, criados à imagem de Deus. Por esta razão promovemos no dia 02 de setembro o Seminário Igreja e Sistema Prisional com o objetivo de sensibilizar a comunidade evangélica quanto à necessidade de uma  assistência religiosa nos presídios que prime pela qualidade e que não tenha o evangelismo como único objetivo.

Clique aqui para ler o relato completo do Seminário Igreja e Sistema Prisional.

Leave a Reply