| | | 55 31 3568-1401

Por que os cristãos devem se interessar pela mudança climática?

Por que os cristãos devem se interessar pela mudança climática?

Essa é uma resposta que ouvimos frequentemente quando promovemos discussões sobre o cuidado da criação e a mudança climática. A realidade é que ela precisa ser algo com o qual nos importamos! Por quê?

Ao envolver-se com toda a história de Deus, cria-se uma perspectiva incrível do propósito pretendido por Deus para todos e para tudo o que Ele criou. Ela começa com a alegria e a satisfação expressa por Deus em relação a tudo o que Ele criou, reconhecendo que Ele é o dono, o sustentador e o provedor de tudo que existe nos céus e na terra – e, como tal, Seu caráter é demonstrado na Criação e por meio dela. Nossos cientistas ainda estão apenas começando a descobrir as incríveis interconexões que existem entre todos os aspectos do nosso mundo e, com cada vez mais admiração, reconhecem o vasto alcance do cosmos.

A Queda trouxe consequências, mas a intervenção de Cristo interrompeu aquela maldição e redimiu tudo o que havia sido afetado. A esperança que temos com a volta de Cristo é que Ele fará novas todas as coisas (Apocalipse 21:5) e que nós, que cremos em Cristo, já somos frutos dessa renovação. De fato, 2 Coríntios 5:17 afirma que somos uma nova criação em Cristo.

O que Cristo quis dizer com “novo”? 
Ele quis dizer novo ou renovado? Ao nos envolvermos com toda a história do propósito missional de Deus para toda a Criação (nos céus e na terra – Colossenses 1:20 e Efésios 1:10), começamos a ver que a presença de Jesus anunciou que o Reino de Deus estava presente aqui e agora e que um processo de renovação (transformação) havia começado. Quando aceitei Jesus na minha vida, minha aparência visível talvez não tenha mudado (apesar de algumas pessoas terem notado algo diferente em mim e comentado sobre isso), mas a transformação tinha começado no meu espírito, sem dúvida alguma. Jesus declarou que me tornei uma nova criatura – redimida, reconciliada e restaurada.

Uma abordagem integral
Às vezes, nossa maneira de pensar é muito binária. Já observamos isso em debates sobre missão integral. Por exemplo: palavra ou ação, sagrado ou secular, público ou privado. Temos a tendência de aplicar essa maneira binária de pensar em relação a como Deus vai lidar com a Criação: julgamento ou salvação, destruição ou renovação, fim ou começo. A maneira como interpretamos a Bíblia depende da ênfase que escolhemos. Muitas pessoas, por exemplo, ficam atentas aos relatos sobre guerras, ao fato de que há mais desastres naturais e surtos de doenças (Mateus 24:6). Vemos essas coisas como sinais de destruição total ou como dores de parte de algo novo? Existe uma tensão na Bíblia entre todas as coisas serem destruídas ou todas as coisas serem purificadas.

O que entendemos pela volta de Jesus? 
Entendemos que Jesus vai voltar para nos levar a outro lugar ou para viver conosco e restaurar todas as coisas? Apocalipse 11:15 diz que “o reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”. Ao ler sobre toda a história de Deus, sou levada a crer na segunda alternativa, mas, seja qual for o seu ponto de vista, a Criação pertence a Deus e Ele nos deu a responsabilidade de cuidar dela. Tudo pertence a Ele e com a perda de cada espécie, com cada decisão destrutiva, perdemos uma parte da rica expressão de Deus. Como testemunhas das Boas Novas de Deus e como primeiros frutos do Seu poder transformador, somos chamados a ajudar as pessoas a vislumbrarem como será o Seu novo Reino. Embora apenas uma pequena parte nos seja revelada na Bíblia, fomos chamados e comissionados para sermos embaixadores desse novo reino e para sermos Seus servos.

É por isso que precisamos nos importar com essas coisas!

Senhor, ajuda-nos a nos apaixonar pela Tua Criação e a sermos bons embaixadores, permitindo que a Criação prospere e cante os Teus louvores por toda a eternidade.

Graça e paz.

Sheryl Haw
Diretora Internacional

(Extraído do boletim de notícias Miqueias de dezembro de 2018)

Leave a Reply