| | | 55 31 3568-1401

Países ricos não ajudam os mais pobres na luta contra a mudança climática

Países ricos não ajudam os mais pobres na luta contra a mudança climática

Os países ricos estão descumprindo as promessas de ajudar o mundo em desenvolvimento a reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa investindo em energia limpa, o que põe em perigo a luta global contra as mudanças climáticas.

Os investimentos em energia limpa na China, na África subsaariana e em outros mercados emergentes caíram 27% em 2016, para US$ 111,4 bilhões (cerca de R$ 365,1 bilhões), afirmou a Bloomberg New Energy Finance em estudo, nesta segunda-feira (6). Menos de 10% desses investimentos vieram de países ricos.

As emissões diminuíram nos EUA, no Reino Unido e em outros países ricos, mas estão crescendo em todo o mundo em desenvolvimento com a expansão das cidades e pelo fato de os países estarem construindo usinas elétricas e outros tipos de infraestrutura para tirar as pessoas da pobreza.

Em 2009, os países ricos prometeram investir US$ 100 bilhões (R$ 327,8 bi) por ano para ajudar os países mais pobres a fazerem essa transição sem aumentarem as emissões de gases causadores do efeito estufa. Mas o investimento dos países mais ricos totalizou apenas US$ 10 bilhões (R$ 32,7 bi) em 2016, apontou a BNEF.

O problema não são apenas os países ricos, os membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Em muitos casos, os países em desenvolvimento não aplicaram políticas que gerassem confiança para os investidores financiarem projetos, disse Zindler.

No entanto, o capital dos países desenvolvidos é crítico para reduzir as emissões em regiões menos desenvolvidas. Na histórica cúpula climática de 2015 das Nações Unidas, em Paris, alguns países mais pobres se comprometeram a cumprir metas para as emissões apenas se recebessem ajuda financeira e técnica. Dezenove disseram que cancelariam seus compromissos se a ajuda não se materializasse.(Extraído do UOL; foto: Clive Mear, Tearfund)

Leia também:

Renove o Nosso Mundo lança carta aberta aos líderes mundiais às vésperas da COP 23

Leave a Reply