| | | 55 31 3568-1401

Nossos Recursos - Passo a Passo 104: Presídios

Nossos Recursos – Passo a Passo 104: Presídios

NOTA DA EDITORA

Cresci em uma ilha na costa sul da Inglaterra, que era famosa por ter dois presídios de segurança máxima. Quando criança, os altos muros do presídio exerciam em mim uma mescla de fascínio e horror. Lembro-me de passar por eles e me perguntar como seria a vida das pessoas que se encontravam do lado de dentro.

Para alguns de nós, o que acontece nos presídios é um mistério – mas não precisa ser assim. Muitos de vocês já trabalham em presídios, mas, para outros, esta edição pode ser uma oportunidade de ter uma ideia do que há do outro lado dos muros de um presídio.

Há muitas maneiras de prestar apoio aos presidiários e ex-presidiários, mostrando o coração compassivo e acolhedor de Deus às pessoas que – como nós! – precisam desesperadamente dele. Nesta edição, Matt Boyes, capelão de um presídio, compartilha dicas sobre como se envolver em visitas aos presídios. Examinamos em que consiste um julgamento justo e o que fazer se os julgamentos não estiverem sendo conduzidos de forma justa em seu país. A Associação de Fraternidade Prisional Singapura discute formas de prestar apoio às famílias dos presidiários, enquanto a Red Viva Honduras compartilha sua experiência de uso do futebol para ajudar os jovens a evitar o crime.

2018 é um ano importante para a Tearfund, pois estamos celebrando o nosso 50º aniversário como organização. No Antigo Testamento, Deus deu aos israelitas leis que os mandavam celebrar um ano de jubileu a cada 50 anos. O Jubileu consistia em cancelar dívidas antigas, libertar escravos e restaurar relacionamentos com Deus, uns com os outros e com a terra. Esse era um momento de libertação e restauração. Esta é a primeira de três edições da Passo a Passo ligadas à ideia do Jubileu.

Ao preparar esta edição, foi uma grande benção contar com a parceria da Associação de Fraternidade Prisional Internacional, a maior organização de ministério em prisões do mundo. Se você se sentir chamado a trabalhar no ministério em prisões, sua filial local da Associação de Fraternidade Prisional é um ótimo ponto de partida.


Zoe Murton – Editora

 

LEIA NESTA EDIÇÃO

ARTIGOS

SEÇÕES REGULARES

LEVE E USE

Leave a Reply