| | | 55 31 3568-1401

Inundações no Sul da Ásia - Tearfund e parceiros locais lançam resposta emergencial

Inundações no Sul da Ásia – Tearfund e parceiros locais lançam resposta emergencial

As graves inundações que atingem países do sul da Ásia – Índia, Nepal e Bangladesh – já afetaram 24 milhões de pessoas, o pior desastre do tipo sofrido pela região em décadas, disse nesta terça-feira a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICR). A organização humanitária também revisou para cima o número de mortos e afirmou que eles já são mais de 700:

Comunidades inteiras estão isoladas. A única maneira de enviar ajuda a eles é por barco. Várias delas estão ficando sem alimentos”, disse em uma entrevista coletiva em Genebra o responsável por programas e operações da FICR, Jagan Chapagain.

O diretor da organização afirmou que a situação está “de mal a pior” nos três países, onde as prioridades são o envio de água potável e a atuação de médicos para evitar surtos epidêmicos.Para lidar com a tragédia, a FICR lançou um pedido de US$ 7 milhões para o Nepal e Bangladesh. A entidade está financiando as operações nos dois países e na Índia com recursos de um fundo para emergências.

A água parada é o local adequado para a multiplicação dos mosquitos transmissores de malária e dengue. Além disso, ela gera a condição para a aparição de doenças que provocam diarreia.”No Nepal, as águas estão baixando. Nossas equipes encontram comunidades que perderam suas casas, seus documentos, tudo. O número de pessoas afetadas aumenta a cada hora, à medida que as águas avançam para o sul”, explicou o diretor da FICR. Nas áreas de baixa altitude de Bangladesh, os funcionários do Crescente Vermelho descreveram as inundações como as piores já sofridas pelo país na história. (fonte: Agência EFE)

Como estamos respondendo ao desastre 

A Tearfund tem um trabalho consolidado nos três países há várias décadas, e atualmente estamos trabalhando com nossos parceiros e junto aos governos locais para ajudar os mais vulneráveis. Muitas pessoas perderam tudo nas inundações, e nosso foco está atualmente em atender às necessidades mais imediatas de abrigo, comida e água potável.

Nossos parceiros locais criaram campos de saúde de emergência e estão distribuindo itens essenciais como tendas, cobertores e roupas. O apoio médico será dado a pessoas que sofrem de doenças transmitidas pela água, como doenças de pele, diarréia, cólera e disenteria.

Também estamos fornecendo equipamentos de cozinha, estoques de alimentos e kits de higiene para aqueles que mais precisam. Em Bangladesh, nossa equipe e parceiros locais já começaram a apoiar as pessoas na reparação de suas casas. Enquanto isso, ferramentas e materiais para a recuperação agrícola foram distribuídos para centenas de famílias.

No entanto, a extensão das inundações tornou muitas áreas difíceis de acessar. “Estou ouvindo histórias de comunidades que ainda não são acessíveis, a não ser por helicóptero”, relata Douwe Dijkstra, diretor de produção da Tearfund no Nepal. “Muitas casas foram destruídas e as pessoas buscaram abrigos em escolas e em áreas abertas sem água limpa e sanitários”.

“As inundações deste ano tiveram uma expansão geográfica muito maior do que a última grande enchente de 2008”, acrescenta Prince David, nosso Representante na Índia. “Em Bihar, um dos hospitais dos nossos parceiros foi inundado. No entanto, eles estão fazendo tudo o que podem, trabalhando em estreita colaboração com o governo local para ajudar as pessoas”.

Com uma área tão grande afetada, e com muitos lugares quase impossíveis de alcançar, a extensão total do dano permanece desconhecida. O que é claro até agora é que o impacto dessas inundações terá impactos de longo prazo.

A Tearfund e os nossos parceiros continuarão trabalhando na resposta de emergência nestes três países pelo tempo que for preciso. Uma vez que as necessidades mais urgentes forem providenciadas, ajudaremos as pessoas a reconstruírem suas vidas e a planejarem o futuro. Além do mais, nosso trabalho de resiliência continuará a treinar e equipar as comunidades para se preparem para futuros desastres como este.

Por favor, ajude as pessoas afetadas por essas inundações, apoiando o trabalho de Resposta ao Desastre da Tearfund. DOE AGORA.

Orem conosco:

  • Intercedam por todos aqueles que perderam entes queridos e suas casas. Ore pelo conforto e força de Deus;
  • Ore pelos serviços de emergência enquanto nossa equipe luta para alcançar os afetados pelas fortes chuvas;
  • Por favor, peça a Deus orientação e segurança para as 16 milhões de pessoas cujas vidas foram afetadas pela inundação;
  • Peçam ainda por sabedoria em nossa resposta emergencial – que possamos alcançar e ajudar aqueles que estão mais necessitados.

Leave a Reply