| | | 55 31 3568-1401

Conanda recomenda mudanças na forma de ouvir crianças e adolescentes vítimas de violência

Conanda recomenda mudanças na forma de ouvir vítimas de violência

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) divulgou nesta quinta-feira (9) nota pública em que ressaltou a importância da criação de diretrizes para a coleta de depoimentos de crianças e adolescentes vítimas de violência. Destacou que os recentes casos de estupros coletivos de adolescentes no Rio de Janeiro e em outros estados evidenciaram a necessidade de capacitação dos agentes públicos para uma abordagem adequada e que evite a revitimização.

Para o Conselho, a escuta de crianças e adolescentes deve levar em conta o respeito aos direitos humanos e evitar a repetição desnecessária dos fatos vivenciados, a descrença na palavra da vítima e a relativização da violência sofrida. Na avaliação do colegiado, é preciso evitar práticas que gerem traumas adicionais às vítimas.

Além do atendimento humanizado, o Conanda classificou como urgente o compromisso das autoridades públicas com a ampliação da rede de delegacias especializadas de atendimento a crianças e adolescentes, com garantia de estrutura e formação continuada dos profissionais, inclusive nas delegacias não especializadas. Por meio da nota, ressaltou também como fundamentais a rigorosa apuração dos fatos ocorridos e a punição imediata dos responsáveis em todos os casos de violência sexual.

Leia a nota aqui.

Texto publicado no site da Secretaria Espcial de Direitos Humanos no dia 09/06/16

Leave a Reply