| | | 55 31 3568-1401

Ciclone Dineo causa destruição em Moçambique

Ciclone Dineo causa destruição em Moçambique

O ciclone Dineo, que desde a noite da quarta-feira, 15 de fevereiro, atinge o litoral do sul de Moçambique, causou quatro mortes e afetou cerca de 720 mil pessoas, além de ter deixado diversos danos materiais ao longo da passagem pelo país. Com ventos de mais de 150 quilômetros por hora e fortes chuvas, a força do ciclone deixou danos materiais como a destruição de casas, escolas, centros de saúde, estradas quebradas e destroços em infraestruturas.

As regiões mais afetadas foram Morrumbene, Jangamo e Inhambane, no sudeste de Moçambique, segundo informou o Instituto Nacional de Gestão de Desastres. A queda de árvores e tetos das casas por causa do vento danificaram a transmissão e a distribuição de energia elétrica, que provocou cortes no fornecimento em várias regiões. (Informações do G1)

Em janeiro de 2012 Moçambique foi atingido por dois ciclones, que mataram 26 pessoas e deslocaram mais de 125 mil (de acordo com dados oficiais). Desde 1987, a Tearfund tem trabalhado em Moçambique com oito parceiros, incluindo grupos de igrejas, redes de igrejas e estudantes. Os objetivos do trabalho dos nossos parceiros incluem a prevenção da propagação do HIV, a destruição do estigma em torno do HIV, o reforço dos meios de subsistência, a segurança alimentar, a preparação para desastres e as respostas de emergência. Outro foco é o fornecimento de apoio às igrejas para fazer o desenvolvimento holístico através do UMOJA  e apoiar o fornecimento de água potável e saneamento.

“Vemos a mão de Deus em tudo isso”, afirma Maswera, da equipe da Tearfund em Moçambique. “Ficamos imaginando que nível de dano teria sido causado se a tempestade não tivesse sido reduzida. Teria sido um desastre total. Tem sido difícil para os nossos parceiros agirem rapidamente nas áreas atingidas pelo ciclone. Eles temem que o pior ainda venha. Eles estão baseados em Maputo e por isso dependem de ligações nas comunidades que servem, mas não há comunicação nas áreas afetadas” conclui.

Por favor, ore:

  • Por aqueles cujas casas foram danificadas, para que encontrem abrigo e apoio.
  • Ore pelos esforços de reconstrução a longo prazo e para que as comunidades se tornem mais resistentes a esses tipos de condições climáticas.
  • Peça a Deus que continue guiando e protegendo a equipe e os parceiros da Tearfund em Moçambique.

Leave a Reply