| | | 55 31 3568-1401

Apenas Adoração

Apenas Adoração

Como posso adorar a Deus do jeito que Ele deseja? Encontrar a resposta para esta pergunta tem sido um desafio, apesar de que tenho buscado a Deus para compreender o que é a verdadeira adoração. Mesmo assim, tem sido um desafio gratificante pois tenho ouvido pregações recentes e consegui ler um livro muito estimulante sobre as “lições de resistência na jornada da fé”.

A humildade não é frequentemente associada à adoração, embora as palavras primárias, procedentes do grego e do hebraico, utilizadas na Bíblia para comunicar adoração signifiquem “humildade”. Uma atitude de humildade costuma conduzir a uma atitude propícia ao aprendizado, e isto gera um impacto na maneira como adoramos e seguimos a Deus. Quando adoramos, nos submetemos à vontade de Deus e permitimos que o Espírito Santo aja, oriente e fale por nosso meio. Paulo descreve a adoração da seguinte maneira:

“Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês.
Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12:1-2

A nossa motivação para adorar é a misericórdia de Deus, bem como a sua graça e o seu perdão, ambos imerecidos. Damos tudo de nós mesmos (nossa condição humana – coração, mente, mãos, ações e atitudes) para Deus, porque nossa mente está sendo renovada pela verdade e sabedoria de Deus.

Há um livro muito útil chamado Dancing with Camels (ou Dançando com os Camelos, em tradução livre), de autoria de Mike Burnard. Ele nos lembra que “a verdadeira adoração é reconhecer a Deus, bem como todo o seu poder e toda a sua glória, em tudo o que fazemos”, seja em nosso trabalho e em nossas tarefas diárias, seja conversando com o atendente de uma loja, ajudando a organizar um evento escolar, cantando na igreja ou apoiando uma pessoa necessitada. “A mais alta forma de louvor e adoração é a obediência a Deus e à sua Palavra”. Ao fazermos isto, refletimos a honra que Deus merece. Isto é adoração.

Isaías 58 nos lembra que a verdadeira adoração é “soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e romper todo jugo… partilhar sua comida com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu que você encontrou, e não recusar ajuda ao próximo” – Isaías 58:6,7.

A verdadeira adoração é “cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo” – Tiago 1:27.

A verdadeira adoração é “fazer o que é justo e certo” – Provérbios 21:3.

A verdadeira adoração é repartir duas túnicas com quem não tem nenhuma, e fazer o mesmo em relação aos alimentos – Lucas 3:11.

É apenas por meio da adoração que honra a Deus que as pessoas verão a Cristo, e experimentaremos a alegria ao vê-lo sendo glorificado entre todas as nações. Seja encorajado! “Se com renúncia própria você beneficiar os famintos e satisfizer o anseio dos aflitos, então a sua luz despontará nas trevas, e a sua noite será como o meio-dia” – Isaías 58:10.

Janet Lubbe
Miqueias Global

(Extraído do boletim de oração de Miqueias do mês de agosto de 2018)

Leave a Reply