| | | 55 31 3568-1401

A história se repete

Em 24 horas, Recife tem maior chuva do ano. Famílias afetadas encontram-se em um cenário calamitoso

Oremos pelas vítimas da chuva no Recife

Das 8h do domingo, 28 de junho, às 8h da segunda ,29, choveu no Recife 228 mm – o volume esperado para 16 dias do mês de junho. De acordo com a Prefeitura, foi a maior chuva do ano. A central de atendimento da Defesa Civil do Recife registrou, ao longo do dia, 259 chamados, entre solicitações de lonas plásticas e de vistorias. Ao todo, quatro casas foram interditadas devido ao risco de novo deslizamento

De acordo com secretário-executivo de Defesa Civil do Recife, Cassio Sinomar, a chuva forte da madrugada e o acúmulo de lixo contribuíram para o deslizamento. Há pouco mais de dez dias a Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlurb) havia feito uma operação de limpeza na área durante uma semana. Ao fim do trabalho, foram recolhidas 50,4 toneladas de lixo de encostas.

Enchente Meio TextoO alto volume da chuva fez ainda com que o Rio Tejipió transbordasse, invadindo casas e deixando ruas e avenidas alagadas.  O fato já se tornou recorrente no Recife e Região Metropolitana. De acordo com dados coletados pelo nosso parceiro Instituto Solidare cerca de 200 famílias moradoras dos bairros de Coqueiral, Totó, Tejipió, Curado e Cavaleiro foram afetadas pela chuva.Tais famílias encontram-se em um cenário calamitoso, desprovidas das condições básicas de saneamento. Elas têm de lidar ainda com a degradação dos seus móveis e toda parte estrutural das suas casas.

Para ajudar essas pessoas, a Igreja Batista em Coqueiral e o Instituto Solidare elaboraram um plano emergencial que visa atingir os seguintes objetivos:

1º – Retirada das famílias das áreas mais afetadas.

2º – Abrigamento das pessoas nas dependências da Igreja.

3º – Convocação da rede de voluntários para atender as vítimas da chuva.

4º – Montagem de uma equipe de assistentes sociais para o cadastrado das pessoas afetadas e diagnóstico dos prejuízos ocasionados pela enchente.

5º – Realização de uma campanha em redes sociais para solicitação de doações urgentes de alimentos, roupas e agasalhos.

6º – Realização de uma campanha direcionada para a solicitação específica de alimentos, colchões, lençóis e mobiliário.

Tem sido um momento de muita luta. Ao mesmo tempo, demonstrações de solidariedade têm sido constantes, vindas inclusive de pessoas muito pobres!”, relatou Evandro Alves, do Instituto Solidare.

Todos aqueles que desejarem e puderem podem contribuir com a campanha na arrecadação de colchões, lençóis e alimentos podem fazer isso de duas formas:

1- Via depósito na conta da Igreja Batista em Coqueiral – CNPJ nº 10.669.760/0001-40, Banco do Brasil, Agência 4118-1, Conta Corrente nº 9.019-0.

2- Entrega direta de doações na sede do Instituto Solidare – Rua Alacântara, 170, Coqueiral, Recife (Próximo à estação do metrô de Coqueiral e Academia Tecnoforma)

Leave a Reply