| | | 55 31 3568-1401

50 anos, 50 países: conheça a história da Tearfund no Quênia

50 anos, 50 países: conheça a história da Tearfund no Quênia

Para marcar os 50 anos da Tearfund, estamos compartilhando parte da nossa história nos 50 países em que trabalhamos. Convidamos nossos parceiros, mantenedores e intercessores a celebrarem conosco a provisão e o poder de Deus para transformar vidas e a se unirem a nós em intercessão por cada uma dessas nações. Leia no texto de hoje sobre como temos atuado no Quênia

O Quênia é uma nação de contrastes. Por um lado, há a incrível beleza natural do país, a florescente indústria do turismo e o desenvolvimento moderno. Por outro lado, há seca, fome e pobreza. A população, de aproximadamente 47 milhões de pessoas, é predominantemente rural e depende da agricultura para a renda diária – apesar de apenas 17% da terra ser adequada para o cultivo. Desastres naturais, como secas e inundações, podem ser prejudiciais, não apenas para o suprimento de alimentos, mas também para a renda. A menos que sejam tomadas medidas adicionais, prevê-se que a pobreza se agrave nas próximas décadas devido às alterações climáticas, ao aumento da população, ao aumento da migração urbana, à corrupção e à má gestão da dívida pública.

Igrejas unidas contra a pobreza

A Tearfund trabalha no Quênia há mais de trinta anos. Neste período testemunhamos o começo de um  incrível trabalho que teve início quando os líderes eclesiásticos perceberam seu poder para transformar a realidade cotidiana de seu povo. Central para o nosso trabalho é o uso de estudos bíblicos para incentivar e equipar as igrejas para liberar o potencial dentro de suas comunidades – uma abordagem que foi pioneira no Quênia na década de 1980 e agora é uma parte fundamental do nosso trabalho em todo o mundo. Trabalhar através das igrejas locais é incrivelmente eficaz, pois elas já estão enraizadas na comunidade; normalmente possuem um espaço físico e estão comprometidas a apoiarem as pessoas a longo prazo, tanto prática quanto espiritualmente.

Potencial inexplorado

A igreja em Badassa, uma pequena comunidade rural no norte do Quênia, mostrou o poder dessa abordagem.

“Antes do treinamento nos considerávamos uma igreja pobre que precisava de ajuda para sobreviver”, relata o pastor. “Não éramos capazes de apoiar as necessidades da igreja ou mesmo da comunidade ao nosso redor.

“Depois dos estudos bíblicos nossos olhos se abriram. Percebemos que a terra que a igreja tem é um recurso. Antes esta terra era usada somente como pasto e ninguém se importava com isso. Nós cercamos este pedaço de terra e começamos a vender grama e, surpreendentemente, agora arrecadamos Ksh. 20.000 [aproximadamente £ 150.00] por ano por meio da venda de grama.”

Também tínhamos três quartos na terra que não estavam sendo usados. Estes, nós percebemos, são um recurso que poderíamos usar. Nós reformamos os quartos e começamos a alugá-los … dando à igreja uma renda mensal regular.”

Abençoados para ser uma benção

“Então percebemos que só podemos cumprir nosso mandato bíblico se tivermos bons relacionamentos com a comunidade e com as outras denominações”, continuou o pastor. “Antes, estávamos competindo com outras denominações, mas agora temos comunidades interdenominacionais na comunidade … Uma das denominações aqui, a Assembléia de Alcance da Glória, estava adorando em uma tenda, mas nós a apoiamos para construir uma igreja.”

“Nós compramos quatro touros usados ​​por membros da igreja e da comunidade para arar suas terras. Nós temos emprestado a famílias muçulmanas, que são a maioria aqui, e isso melhorou nosso relacionamento com elas”.

“Durante o treinamento abordamos a questão da paz. Agora temos paz entre os Rendille e os Borana, dois grupos étnicos que antes viviam em conflito apesar das tentativas mal sucedidas feitas pela polícia e pelos políticos de apazigua-los.”

Todo esse trabalho incrível foi possibilitado simplesmente porque mostrou-se a uma igreja o seu enorme potencial de transformar sua comunidade.

Por favor, orem conosco:

  • Ore para que mais líderes da Igreja do Quênia se inspirem na visão da missão holística – encorajando a restauração dos relacionamentos das pessoas com Deus, uns com os outros e com a criação. Pergunte a Deus como isso afetará igrejas, comunidades e governos.
  • Agradeçam a Deus pela reviravolta que a igreja e a comunidade em Badassa experimentaram, e orem para que Deus continue a abençoá-los – particularmente na área de reconciliação entre grupos religiosos e étnicos.
  • Em maio deste ano graves inundações devastaram partes do Quênia. Casas e empresas foram destruídas e muitas pessoas ainda estão deslocadas. Por favor, ore pelo consolo de Deus para aqueles que foram afetados, e ore pelo trabalho de recuperação e reconstrução.

Leave a Reply