| | | 55 31 3568-1401

50 anos, 50 países: conheça a história da Tearfund em Moçambique

50 anos, 50 países: Moçambique

Para marcar os 50 anos da Tearfund, estamos compartilhando parte da nossa história nos 50 países em que trabalhamos. Convidamos nossos parceiros, mantenedores e intercessores a celebrarem conosco a provisão e o poder de Deus para transformar vidas e a se unirem a nós em intercessão por cada uma dessas nações. Leia no texto de hoje sobre como temos atuado em Moçambique

Após conquistar sua independência de Portugal em 1975 Moçambique recuperou-se lentamente de uma devastadora guerra civil que durou 16 anos. Mas mesmo com um constante crescimento econômico, metade dos 28 milhões de habitantes ainda vive na pobreza. Em 2016, Moçambique ficou em 181º lugar na escala do Índice de Desenvolvimento Humano – que mede indicadores-chave no desenvolvimento de uma nação.

Hoje ainda há tensões entre o partido governante Frelimo e o movimento de oposição RENAMO. A Tearfund trabalha com cinco organizações parceiras locais, bem como com 1.500 igrejas locais oriundas de dez redes de igrejas. Também estamos trabalhando com igrejas e comunidades locais em regiões propensas a desastres, ajudando-as a reduzir o risco e o impacto de desastres como tufões, inundações e secas. Isso ajudará mais de 30 mil pessoas a se prepararem melhor.

Usamos um processo conhecido como transformação da igreja e da comunidade (CCT) em Moçambique – trabalhando com as igrejas locais, uma vez que elas capacitam as suas comunidades para saírem da pobreza. Nosso parceiro Kubatsirana está trabalhando com uma rede local de 12 igrejas que promovem o CCT (conhecida localmente como UMOJA) no Distrito de Mossurize.

Por favor, orem conosco:

• Pela paz entre o governo e as forças de oposição da RENAMO;
• Orem pela prosperidade material e espiritual de Moçambique e peçam a Deus para que a pobreza se torne uma coisa do passado em muitas comunidades;
• Louvem a Deus conosco pelo trabalho do nosso parceiro Kubatsirana, que vem ajudando a transformar os meios de subsistência daqueles que estão no Distrito de Mossurize. Orem para que este trabalho possa se expandir em todo o país.

Leave a Reply