| | | 55 31 3568-1401

50 anos, 50 países: conheça um pouco do nosso trabalho na África do Sul

50 anos, 50 países: África do Sul

Após o fim do regime do Apartheid, que segregou o povo da África do Sul por quase 50 anos, o arcebispo Desmond Tutu descreveu seu país como “a nação arco-íris”. Desde então numerosas tribos e povos vivem neste país, sendo que a grande maioria convive pacificamente. No entanto, a África do Sul permanece sendo uma nação de muitas contradições. Embora não esteja mais sob o domínio da minoria branca, ainda há grandes divisões que fazem com que a maioria dos negros e brancos vivam separados. Além disso, pesa-se o fato de que o Estado Sul-Africano está longe de oferecer igualdade de oportunidades de educação e trabalho para os seus habitantes.

Na última década, a Tearfund tem apoiado o trabalho de uma organização notável que está comprometida em construir uma narrativa de unidade, mudança e esperança em meio à contínua divisão. Ethembeni, que significa “lugar de esperança” em Zulu, foi criada em 2000. A visão era sinalizar esperança às famílias que vivem com HIV e tuberculose. Dezoito anos depois, a família Ethembeni continua a crescer, com mais de 100 funcionários, consultores e voluntários. Nos últimos dez anos, a Tearfund enviou voluntários do Reino Unido para a África do Sul para viver e aprender junto à comunidade.

Eles se juntaram à equipe de suporte educacional da Ethembeni e vem realizando visitas domiciliares a  pacientes e grupos de apoios formados por mulheres. A equipe do Ethembeni está empenhada em tratar todos igualmente, princípio que, apesar de não soar como nada extraordinário em tese, configura-se na prática como um comportamento radical. Juntamente com os voluntários da Tearfund, eles estão comprometidos em testificar fielmente sobre o amor de Deus para o maior número de pessoas possível, bem como restaurar relacionamentos rompidos.

Quebrando barreiras por meio da culinária

A África do Sul é um país em que há grande desigualdade entre os sexos. Grande parte da cultura é partriarcal e a violência contra mulheres é generalizada. Através de um projeto culinário, Ethembeni procura capacitar as famílias, ensinando habilidades práticas às mulheres. Ao  liderar grupos de apoio e ministrar cursos, como o curso de gerenciamento de Negócios de Cozinha, as mulheres locais têm a oportunidade de ganhar uma renda extra para as suas famílias.

A equipe de voluntários da Tearfund comprou para cada mulher em nosso curso de gerenciamento de negócios de panificação um pacote de ferramentas de decoração para bolos, como sacos de confeiteiro e cortadores de biscoitos. Foi um gesto simples, mas inspirou as mulheres a explorar novas receitas”,  relata a Gerente de Apoio à Família da Ethembeni, Lihle Mavuso

Os presentes foram simples, mas o gesto dos voluntários quebrou barreiras culturais e raciais e construiu relacionamentos genuínos. “A mudança no comportamento das mulheres foi notável.”, diz Lihle. “Elas começaram a se abrir para nós e a compartilhar sobre os desafios que estavam enfrentando e sobre as coisas que as deixavam animadas e esperançosas.”

Por favor, orem conosco:

  • Louvem a Deus pelo incrível trabalho realizado por Ethembeni na África do Sul e por todos os voluntários da Tearfund que colocam seus dons, talentos e formação à serviço desta organização;
  • Orem para que eles continuem a oferecer cura, esperança e capacitação para a nação da África do Sul;
  • Intercedam por aqueles que estão se juntando ao trabalho voluntário da Tearfund (Tearfund Go) em várias partes do mundo. Peçam a Deus para que eles sejam uma bênção nas vidas de todos os que encontrarem e para que tenham suas vidas transformadas.

Para marcar os 50 anos da Tearfund, estamos compartilhando parte da nossa história nos 50 países em que trabalhamos. Convidamos nossos parceiros, mantenedores e intercessores a celebrarem conosco a provisão e o poder de Deus para transformar vidas e a se unirem a nós em intercessão por cada uma dessas nações. 

 

Leave a Reply